Do Rio Douro ao Lago Niassa - Confidências de um Pescador/Marinheiro

terça-feira, 5 de julho de 2011

Associação Azhmey Portuguesa ( Colóquio)

Hoje das 14 às 17 horas estive numa sessão ilucidativa sobre esta problemática doênça e o processo Cidadania e Incapacidade das pessoas.
Devo confessar e que apesar de a minha Sogra ter morrido à cerca de dois anos vitímada por resta doença,
procurando saber como e os direitos que assistiam não fazia a menor ideia do seu funcionamento.
Foi dado o esclarecimento o que é uma pessoa dependente e quando se torna incapaz.
Que existe 100.000 pessoas e apenas 1% terá apoio legal.
Nada mais há assustador que a ignorância em acção.
Que existe uma linha do Cidadão Gratuita 800 20 35 31 a funcionar em todo o País e que os idosos constituem o segundo grupo com maior número de queixas apresentadas ao Provedor de Justiça.
Que muitos e muitos casos são ajudados a resolver.
Foram enumerados vários casos que foram solucionados.
Estive presente juntamente com outros membros da nossa Associação GADATA e sinceramente que para mim foi salutar saber que existem estes organismo empennhados em procurar melhorar este graves problemas sem sustentabilidade governamental.
Bem Haja a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira por ter promovido este Evento.

1 comentário:

TINTINAINE disse...

O aumento da longevidade leva a isso, a perda da qualidade de vida, a senilidade e outras coisas que tais.
Também a minha mãe morreu aos 91 anos mergulhada na inconsciência provocada pela doença de Alzheimer.